D&D 4th Edition Brasil
Bem-vindo ao fórum "D&D 4th Edition Brasil"!!!
Comunidade para debater e jogar D&D online.
*Cadastre-se em nosso fórum;
**Adicione-nos aos seus favoritos (CTRL + D);
***Apresente-se! Recebe as boas vindas de nossos membros, e;
****Jogue online o melhor RPG do mundo.

D&D 4th Edition Brasil

Comunidade para discussão e formação de mesas online de D&D 4E!
 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Cenário] Religiões de Karameikos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tigvæ
Adepto
Adepto
avatar

Mensagens : 94
Idade : 102
Local : Niðavellir

MensagemAssunto: [Cenário] Religiões de Karameikos   Dom Jan 02, 2011 11:23 am

As Igrejas e Cultos de Karameikos


A Igreja de Karameikos

Ela prega que o mal, que age no mundo mortal, não é tão grande que não possa ser purificado por grandiosos atos de sacrifício.
O personagem, devoto dessa doutrina, que comete um pequeno ato de má índole - como contar uma mentira, por exemplo - deverá rezar algumas orações. Para um ato já não tão inofensivo - como bater em alguém sem motivo - será preciso um dia de penitência sob o vigilante olho de um líder da igreja.

Essa igreja desencoraja qualquer tipo de ritual mágico que não tenha provas diretas e imediatas dos seus resultados. Nessa categoria se enquadram todos os tipos de superstições, incluindo simpatias, leituras das mãos ou de cartas, ou qualquer outro método similar de adivinhação. Como a Igreja de Traladara apóia esses tipos de procedimentos, as duas crenças vivem em frequente conflito.

A Igreja de Traladara

Ela prega que as pessoas não devem machucar umas as outras, e quando isso acontece, a comunidade deve punir o pecador com intensidade proporcional ao grau da maldade que cometeu. Com essa simplicidade, a igreja parece perfeita para os alegres e extravagantes traladaranos. Além disso, a igreja encoraja a curiosidade e experimentação e dão importancia a leituras de folhas de chá, mãos e cartas, simpatias, mau-olhado e ao uso de amuletos não-mágicos.

Uma das principais funções de um clérigo traladarano é dar conselhos aos jovens, baseado em experiencias pessoais. Eles também realizam casamentos e outras cerimônias, pregam a filosofia da igreja e promovem o bem-estar do povo. Eles também trabalham para salvar vidas e combater o mal.

O Culto a Halav

Existem tres preceitos principais no Culto a Halav, conhecidos como o Trítio Sagrado:

* Rei Halav, morto numa batalha contra homens-fera, foi levado pelos Imortais, que o curaram e o fizeram adormecer no mais profundo dos sonos;
* O objetivo dos Imortais, quando fizeram isso, foi o de devolver o rei a Traladara, trazendo de volta a nação a gloria que esta tinha na Era Dourada;
* Os Imortais decidiram que era chegada a hora do rei retornar e, portanto, reencarnaram o seu espírito em Stefan Karameikos - quando ainda era um bebe - para que ele, ao crescer, se tornasse o novo Rei Halav.

O culto prega que Stefan Karameikos fará de Traladara uma nação poderosa novamente. No entanto, o maior propósito de seus seguidores é o de convencer a todos - incluindo o proprio Rei Stefan - dessa sua causa.

Os sacerdotes do Culto a Halav são tão determinados em suas pregaões, que chegam a irritar todos a sua volta. Segundo esses fanáticos, tudo o que acontece é um presságio e não há outro caminho se não o da verdade - ou seja, o caminho deles - e os descrentes lamentarão o seu desdem ao descobrirem que Stefan é Halav reencarnado.

Clérigos de Halav adicionam +2 ao dano contra criaturas humanóides de famílias como as de: kobolds, goblins, orcs, hobgoblins, gnolls, bugbears e ogros. Além disso ganham Proficiência com Arma a escolha, além das permitidas para Clérigos.
Halav exige que seus sacerdotes combatam o mal, não permitam que criaturas goblinoides e gnolls sobrevivam, e ajude sempre quem precisa.

O Talento Canalizar Divindade: Amparo de Halav (Kord) poderá ser adquirido.


P.S.: Estas religiões são específicas para humanos, mas outras raças podem pertencer a elas, mas os casos são raros. Muitos Clérigos não cultuam um Imortal em particular, mas sim uma Filosofia. Escolher outras raças, se não os humanos, para pertencer a um desses cultos, deverão mudar as personalidades das raças e seguir aos dogmas da religião escolhida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[Cenário] Religiões de Karameikos
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [D20] Steampunk - Iron Kingdoms
» Cenário do jogo - Mapas e características
» [Dúvida] Religião Janshin
» Criando jogos em VB.NET - Cenário I
» Criando jogos em VB.NET - Cenário II Mapas em cache

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
D&D 4th Edition Brasil :: MESA DE JOGO :: Play-by-Forum :: Mestre Tigvæ-
Ir para: